Macaca e pobre: cantora é agredida ao vivo no Balanço Geral

Macaca e pobre: cantora é agredida ao vivo no Balanço Geral

O apresentador comentava o fato de Ludmilla se recusar a tirar fotos com fãs e até crianças quando disparou a injúria. Assista.

Marcão Chumbo Grosso, que apresenta o “Balanço Geral DF” (apresentado na Rede #Record), já é conhecido pelo público local por seu jeito “marrento” e sem “papas na língua”. Mas dessa vez exagerou, passou da conta e muito. Ele cometeu uma injúria racial ao vivo no ar nesta terça-feira, 17.

O fato já havia se repetido, quando dia 9 ele anunciou que #Ludmilla fingiu ser outra pessoa evitando fotos com os fãs. O vídeo que pode ser assistido abaixo é conclusivo sobre a agressão.

O apresentador teve de bloquear seu perfil no Instagram depois dos comentários racistas, pois começou a receber uma enxurrada de agressões verbais. Na mesma rede Ludmilla diz considerar um “desrespeito absurdo” e “vergonhoso” o ataque.

Ela também cita Paulo Autran, autor da frase “todo preconceito é feito de ignorância”. A cantora também afirma que essas pessoas esquecem que discriminação racial é crime e fica pior quando isso é feito no ar para milhares de pessoas, propagando o ódio. Diz ainda que Marcão Chumbo Grosso não tem moralidade, pudor e não se constrange ao ofender um negro em cadeia nacional. Por fim, Ludmilla garante que tomará todas as providências necessárias para que essa prática racista seja combatida.

Agressão

Marcão possui um quadro em seu programa chamado “Hora Venenosa”, onde ele identifica condutas polêmicas de algum artista e, como ele diz, “desce a lenha”. No último dia 9 Marcão noticiava o fato de Ludmilla se recusar a tirar fotos com fãs, simulando ser outra pessoa, e soltou a frase racista “era pobre e macaca, pobre mesmo”, referindo-se à vida difícil que a cantora levou. Para amenizar, o apresentador garantiu que ele era pobre e macaco também. O comentário foi repetido no dia 17.

 



style="display:inline-block;width:336px;height:280px"
data-ad-client="ca-pub-1820171888102207"
data-ad-slot="2835698372">

 

Segundo o UOL, que procurou a cantora, ela prometeu em rede social que tomará todas as medidas que cabem. Seus advogados já foram acionados. A cantora já conhece os caminhos para fazer punir o #Racismo. Em maio fez uma denúncia à Delegacia de Repressão aos Crimes de Internet (DRCI) por injúria a uma pessoa que fez ofensa em um de seus perfis nas redes sociais. O autor do comentário foi identificado e indiciado.

Marcão, quando procurado para se defender, alegou que a expressão “macaco” é um termo corriqueiro e refere-se a “macaco velho”. Ainda diz que a acusação de racismo não procede, pois não existiu. Marcão é alvo de outros processos de políticos e até de uma delegacia em Tocantins, por causa de uma reportagem em que ele afirmou que os agentes eram ligados a caça-níqueis.

Qual sua opinião? Assista o vídeo.

Matérias Relacionadas

249 Views